Homepage
Chat Papo Católico
Hospedagem de Sites
Sistema de Notícias
Loja Virtual
Rádios Católicas
Evangelhos Animados
Mural de Recados
Vela Virtual
Links e Parceiros
Cadastre-se
Fale Conosco
 
Receba novidades do catolicos em seu e-mail:
 
Notícias da Igreja Católica

Religiosa de hábito corre em maratona e recebe ajuda para sua comunidade

Data: 13/06/2018

Caracas, Venezuela, 13 jun (ACI Prensa) - Uma religiosa das Irmãs Trovadoras da Eucaristia participou vestido com hábito da Meia Maratona de Cúcuta (Colômbia), no domingo, 3 de junho.

A Irmã Carmen Vilches, natural da cidade venezuelana de Maracaibo, contou ao Grupo ACI que a sua comunidade soube da competição um dia antes, pois “as jovens que estão em formação queriam vender biscoito em Cúcuta a fim de conseguir uma ajuda econômica e lhes disseram que as ruas estariam fechadas porque iam realizar uma maratona”.

As religiosas vivem na cidade de Pamplona, localizada na região norte de Santander, e pediram permissão à superiora para participar do evento. Ela autorizou, “desde que usassem o hábito”.

Quando se inscreveram, descobriram que “havia apenas uma vaga disponível”. Então, escolheram a Irmã Carmen, que pertence à congregação há sete anos.

A Irmã Carmen explicou que o motivo foi “porque eu sou muito apaixonada pelo esporte e as irmãs já tinham visto esse talento em mim, especialmente a minha resistência ao correr ou jogar”.

Apesar de nunca ter participado de uma maratona, a religiosa de 29 anos comentou que jogava vôlei e kickball quando estava na escola.

Na comunidade, “temos momentos para praticar esportes duas ou três vezes por semana. Jogamos futebol, basquete, vôlei, pingue-pongue (tênis de mesa) e andamos de bicicleta”.

“Além disso, aqui em Pamplona tenho a oportunidade de sair de bicicleta todos os dias para realizar diferentes atividades”, indicou.

Essa atividade física constante lhe permitiu correr os dez quilômetros do circuito da maratona.

Quando as religiosas inscreveram a Irmã Carmen “descobriram que podiam participar com o hábito, porque só tinha que usar uma camiseta com o seu número”.

Isso lhe permitiu “promover a comunidade e mostrar às pessoas que mesmo sendo religiosas podemos participar desse tipo de evento”.

A religiosa venezuelana disse ao Grupo ACI que correr na maratona “foi uma experiência maravilhosa e única, pois já havia recebido uma motivação das irmãs, especialmente da superiora Madre Ángela Angarita González”.

“Ver as pessoas me apoiando e dizendo ‘vamos irmã’ me deixou muito alegre, porque não mencionavam a Carmen, mas o fato de ser religiosa. Eu também fiquei emocionada por poder correr e dar testemunho de Deus nas ruas de Cúcuta”, expressou.

Entre os 1500 participantes, “cheguei em 15ª lugar e os organizadores ficaram felizes com a participação de uma religiosa de hábito. O prefeito de Cúcuta nos deu uma contribuição econômica de um milhão de pesos para a comunidade”, contou a religiosa.

Ela acrescentou que gostaria de correr novamente na próxima maratona.

As Irmãs Trovadoras da Eucaristia são uma das congregações mais jovens da Colômbia. Seu trabalho apostólico começou em 2006, com a autorização de Dom Gustavo Martínez Frías, então Arcebispo de Nova Pamplona.

Parte de seu apostolado é usar a arte para evangelizar, pois algumas das suas atividades são o teatro, a música, a dança, a poesia. Em 2015, chamaram a atenção dos colombianos porque começaram a andar pelas ruas de bicicleta, como uma forma de cuidar do meio ambiente.

Além disso, realizam missões em várias cidades da Colômbia atingidas pela guerrilha e pela violência, especialmente nas cidades da fronteira.

Homepage
 
CATÓLICOS.COM.BR
falecom@catolicos.com.br
formulário de contato
visitantes online agora: 53