Homepage
Chat Papo Católico
Hospedagem de Sites
Sistema de Notícias
Loja Virtual
Rádios Católicas
Evangelhos Animados
Mural de Recados
Vela Virtual
Links e Parceiros
Cadastre-se
Fale Conosco
 
Receba novidades do catolicos em seu e-mail:
 
Notícias da Igreja Católica

EUA: Parolin aos Bispos, “acolher e integrar a nova onda de migrantes que aument

Data: 14/11/2017

Baltimore, 14 nov (SIR) - “Em seu primeiro século de fundação de vossa Conferência Episcopal, o grande desafio da Igreja neste País é o de promover a comunhão numa Igreja formada por migrantes para integrar a diversidade dos povos, das línguas e das culturas numa única fé e fortalecer o sentido da cidadania responsável e de atenção ao bem comum. Também hoje é urgente acolher e integrar a nova onda de migrantes que continua sem parar”. Assim o cardeal e secretário de Estado, Pietro Parolin, falando domingo à noite, na missa de abertura da Conferência episcopal norte-americana, que celebra este ano o centenário de seu nascimento e que se encontra reunidas em Baltimore em assembleia geral. Criada em 1917 como Conselho nacional católico para coordenar as atividades nas paróquias com a chegada de famílias obrigadas a deixarem sua pátria na Europa durante a primeira guerra mundial, este primeiro sinal de Conferência episcopal tornou-se em breve tempo um instrumento de comunhão e de testemunho unitário entre os Bispos não só em atividades concretas, mas também na evangelização.

O cardeal – durante a homilia, cujo texto foi divulgado hoje – incentivou os Bispos a continuar seu profético testemunho diante dos desafios do País e os animou a fazer isto “livres de todos espírito de clube e no consenso geral. E, em geral, na época de crescente secularismo, materialismo e hostilidade das relações, a Igreja na América deve repropor a esperança que vem de Cristo”. Em seguida, sublinhou que toda a comunidade católica deve trabalhar por “uma sociedade mais inclusiva capaz de afastar as sombras da polarização, da divisão e da divisão social, graças ao Evangelho”. Parolin elogiou a contribuição responsável e profético que a Conferência apresentou no debate politico sobre temas sociais fundamentais como “a defesa dos valores morais e dos direitos dos pobres, dos idosos, dos mais vulneráveis e daquela que não tem voz, à qual se acrescenta o excepcional testemunho em defesa da vida, da família e do acesso aos cuidados da saúde”. A última recomendação foi dedicada ao cuidado dos refugiados e, em particular, ao debate sobre eles no contexto politico e estatístico que parecem ignorar as necessidades e a vida real destas pessoas, mas não deixou de sublinhar a gratidão pelos “dos abundantes que o Espírito Santo concedeu à Igreja nos EUA” e desejou que “continuem a fazer brilhar a chama da fé colegial e individualmente”.

Homepage
 
CATÓLICOS.COM.BR
falecom@catolicos.com.br
formulário de contato
visitantes online agora: 18